Se você tem ouvido muito o termo “psicologia positiva”, mas não tem certeza do que é você veio ao lugar certo! Existem alguns o-que-e-a-psicologia-positivaequívocos comuns sobre psicologia positiva, tanto sobre o que é quanto sobre o que não é. Para esclarecer alguns desses mal-entendidos e fornecer uma breve, mas abrangente visão geral do campo, este artigo focado em definir e descrever o movimento psicológico positivo.

A Definição de Psicologia Positiva

A psicologia positiva é uma ciência de aspectos positivos da vida humana, tais como felicidade, bem estar e florescimento. Ela pode ser resumida nas palavras de seu fundador, Martin Seligman, como a “estudo científico do funcionamento humano ótimo que visa descobrir e promover os fatores que permitem aos indivíduos e às comunidades prosperar”. A psicologia tem frequentemente enfatizado as deficiências dos indivíduos em comparação com os seus potenciais. Muito utilizado nas escolas e pode estar dentro da educação emocional positiva, tão abordado pela Miriam Rodrigues em seus cursos.

Esta abordagem específica centra-se nos potenciais. Não se destina a resolver problemas, mas sim a pesquisar coisas que fazem com que a vida valha a pena. Esta orientação em psicologia foi estabelecida há cerca de dez anos e é um campo em rápido desenvolvimento. Sua aspiração é trazer pesquisa empírica sólida em áreas como bem-estar, fluxo, forças pessoais, sabedoria, criatividade, saúde psicológica e características de grupos e instituições positivas.

Os Três níveis de Psicologia Positiva

 A ciência da psicologia positiva opera em três níveis diferentes – o nível subjetivo, o nível individual e o nível grupal. O nível subjetivo inclui o estudo de experiências positivas como alegria, bem-estar, satisfação, contentamento, felicidade, otimismo e fluxo. Este nível é sobre sentir-se bem, em vez de fazer o bem ou ser uma boa pessoa. No nível seguinte, o objetivo é identificar os componentes da “boa vida” e as qualidades pessoais necessárias para ser uma “boa pessoa”, através do estudo das forças e virtudes humanas, da mentalidade do futuro, da capacidade de amar, da coragem, da perseverança, do perdão, da originalidade, da sabedoria, das habilidades interpessoais e dos dons.

Finalmente, em nível do grupo ou da comunidade, a ênfase é colocada nas virtudes cívicas, nas responsabilidades sociais, na educação, no altruísmo, na civilidade, na tolerância e na ética de trabalho.

Qual a Importância da Psicologia Positiva no Trabalho?

 Se uma empresa ou organização quer alcançar o sucesso em longo prazo, é necessário promover a psicologia positiva no local de trabalho. O advento da tecnologia mudou a forma como trabalhamos, incluindo o nosso desempenho no local de trabalho. As mudanças incluem a globalização e uma competição mais intensa. A fim de acompanhar a concorrência e do mundo acelerado em que vivemos hoje, as organizações precisam depender mais fortemente da inovação, criatividade e capitalizar sobre a força pessoal e intelectual única de seus funcionários. Criatividade, inovação, crescimento organizacional e sucesso, no entanto, são menos propensos a ser alcançados se os próprios funcionários não estão motivados para trabalhar.

De acordo com a pesquisa, certos comportamentos psicológicos estão ligados a maiores resultados organizacionais. As emoções positivas podem levar a uma maior realização do trabalho, aumento da motivação e da capacidade de lidar com a incerteza e estresse. Além disso, uma atitude positiva irá ajudar com a resiliência emocional e amortecer a negatividade no local de trabalho.

Home

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.